terça-feira, 20 de maio de 2008


(Foto: Sabina Dimitriu)


"tU também és um dos meus cINCO dedos"*



Amo devagar os amigos que são tristes com cinco dedos de cada lado.
Os amigos que enlouquecem e estão sentados, fechando os olhos,
com os livros atrás a arder para toda a eternidade.
Não os chamo, e eles voltam-se profundamente
dentro do fogo.
- Temos um talento doloroso e obscuro.
construímos um lugar de silêncio.
De paixão.


Aos Amigos, Herberto Hélder


[ * Hoje recebi um e-mail que trazia este P.S.]



19 comentários:

Vanessa disse...

:) aos amigos oferecemos logo as nossas duas mãos, né?

beijinho*

alice disse...

gosto muito deste poema. como é possível dizer tanto em tão poucas palavras? um grande beijinho :)

Victor Oliveira Mateus disse...

É terrível, e bela, esta associação do talento doloroso, com o silêncio e a paixão...

beijinho

Victor Oliveira Mateus disse...

Q.F. não vejo nenhum email aqui no blog (?)

Sandra Costa disse...

Amo-te amiga!

Ana disse...

sem palavras para todas estas palavras:) *

Rute disse...

Que bom chegar aqui, depois de um longo dia e deparar-me com algo belo!!!
Obrigado por tornares os meus dias mais bonitos...

Queen Frog disse...

vanessa,

"cinco dedos de cada lado" que para os amigos às vezes nos parecem pouco, mas logo se multiplicam, no momento exacto em q os abraçamos.



alice,

penso q sobre a amizade é mesmo o meu preferido.este e um de António Ramos Rosa. tou certa q conhecerás.



victor,

são dois espaços encandescentes.o da paixão e o do silêncio!

(o e-mail está disponível no meu perfil)



sandra,

:))))))) you......



ana,

:)* partilho ctg o silêncio perante estas palavras.



rute,

oh, menina!obrigada eu pela tua presença. e esse coração?

angela disse...

coração sorridente
dentro da mão
aberta :)

Happy and Bleeding disse...

;)

Queen Frog disse...

angela,

abertas sempre...



happy,

;) gosto desses teus sorrisos.

Victor Oliveira Mateus disse...

pois... assim eu encontrasse o perfil! A realidade que procuro, pelos vistos, oculta-se por detrás da realidade que perscruto...

Queen Frog disse...

victor,


:) entretanto enviei para a alice.pedi que te reenviasse o email.
dps diz-me se o recebeste!

Beijinhos

Nogs disse...

Que lindo!

Amo-te a ti, amiga.

que chegaste como um cometa luminoso à minha vida.

E...
Autch! Que texto brilhante.

Amei-te depressa demais, e agora saboreio lentamente a beleza dos nossos dedos entrelaçados nesta amizade pura...

Beijooo

Queen Frog disse...

nogs.

oh minha linda!

Isto requer um abraço entre Rocafort e Mistral ;)

Nogs disse...

:P

Daqueles demorados onde é difíccil ver o fim, sim.


Beijinhosss

(que aqui, pela diagonal tenho uqe continuar a trabalhar.... shiuuuuu. He, he!)

Queen Frog disse...

nogs

daqueles q só têm princípio...

(e eu pelo Raval :P)

Nogs disse...

Destes, querida:


Visca l'amor que m'ha donat l'amiga
fresca i polida com un maig content!
Visca l'amor
l'he cridada i venia
-tota era blanca com un glop de llet.

Visca l'amor que Ella també es delia:

visca l'amor:
la volia i l'he pres.



El poema de La rosa als llavis


pétons!

Queen Frog disse...

nogs,

isso é q é aprofundamente da cultura catalã...:)

brigada minha linda!